UFC 152: Jones x Belfort. Entre os cristãos, quem ganha?

[Christian Post] A luta do UFC 152 entre Vitor Belfort e Jon Jones está vindo neste sábado. Ela está surpreendentemente exibindo um tipo diferente de respeito, que muitos jamais têm visto entre outros lutadores de MMA, com ambos declarando grande respeito um para com o outro por serem cristãos.

Jon Jones foi amplamente criticado por se recusar a lutar contra Chael Sonnen em 1⁰ de setembro, o que resultou no cancelamento do UFC 151. No entanto Belfort, seu oponente, o defendeu, dizendo que ele é o “cara melhor nessa divisão de peso.”

“Eu conheço a sua posição”, Belfort, que se voluntariou a lutar contra Jones, disse na semana passada. “Ele é jovem. Ele é o melhor cara dessa divisão de peso, a nova raça. Os caras que vêm a partir desta época, tem uma mentalidade diferente. Eles vêm [de] era diferente.”

Muitos atletas acusaram Jones de ser egoísta, que olha apenas para seus próprios interesses. Mas Belfort foi um dos poucos que se recusou a julgá-lo.

“Eu não gosto quando as pessoas tentam fazer os lutadores se odiarem”, disse Belfort.

A posição de Belfort se relaciona com seus valores pessoais enraizados no Cristianismo. Foi através da dor de perder a irmã em 2004, que ele veio para Cristo.

Seus valores cristãos são algo que ele compartilha com o campeão dos meio-pesados. Isso parece ser uma importante fonte de respeito e uma das razões pelas quais Belfort diz que é um “prazer” e uma “honra” combater com Jones.

“Eu tenho muito respeito por um homem que pode viver o Cristianismo. Isso é o que eu vivo. É por isso que eu profetizo o nome de Jesus. Sei que as pessoas me julgam, mas você sabe de uma coisa? Quando você aponta um dedo, você tem quatro dedos que apontam de volta para você, então você tem que ter cuidado.”

Na semana passada, em uma conferência para o UFC 152: Jone vs Belfort, ambos inesperadamente discutiram sobre como a religião teve impacto sobre eles.

Jones, atualmente o mais jovem campeão da história do UFC, tem falado abertamente sobre sua fé, “Se eu não tivesse Cristo em minha vida, eu seria um desastre”.

Sobre sua luta com Vitor ele declarou: “Estou honrado de lutar com Vitor Belfort Vitor é um cristão como eu sou, ele é um homem honrado, ele é um bom cara, limpo e de alta classe, é uma honra na luta contra Vitor Belfort “, de acordo com o MMA Hour.

Belfort tem sido uma das poucas estrelas que começaram a brilhar quando jovens e que ainda encontram sucesso, mesmo depois de várias gerações. Sua estréia foi com a idade de 19 em meados da década de 1990 e também enfrentou problemas com a fama em uma idade jovem, assim como Jon Jones parece estar enfrentando agora.

“O Fenômeno”, declarou em lutas anteriores que, independentemente de vitórias e perdas, ele já ganhou a vitória por meio de Jesus Cristo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s